O ex CEO da Uber, Travis Kalanick se orgulhava muito de dizer que nunca havia precisado vender suas ações da empresa, mas parece que as coisas estão mudando.

Travis está planejando vender 29 por cento de suas ações, que estão avaliadas em 1,4 bilhões de dólares, de acordo com a Bloomberg.

As ações serão vendidas para a corporação multinacional de telecomunicações japonesa, Soft Bank Group, que recentemente fechou um negócio para comprar 15 por cento da companhia com 30 por cento de desconto em um negócio que rendeu 48 milhões de dólares a Uber. A maior parte do investimento feito pelo Soft Bank vai render ao grupo parte das compras de empregados e novo investidores da Uber.

Kalanick decidiu deixar de CEO da Uber depois de muita polêmica envolvendo a empresa e sua maneira de agir com os competidores, apesar da decisão, Kalinick se mantém no quadro da empresa.

Ivina Moura
Quanto os autores famosos fazem por palavra escritaEm apenas 24 dias fortuna de brasileiros mais ricos do país cresce em R$9,6 bilhões
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta