Lembra do filme O Código Da Vinci de Dan Brown, em que a personagem principal era a única descendente de Jesus? Pois bem, Jesus não se casou e não deixou descendentes e pouco se sabe sobre o paradeiro dos outros filhos de Maria e José.

Omar Chatriwala of Al Jazeera English CC BY-SA 2.0

Foto: Omar Chatriwala of Al Jazeera English – CC BY-SA 2.0

Já o grande profeta do Islã, o profeta Maomé, se casou 13 vezes e teve 5 filhos. Infelizmente todos seus filhos homens morreram ainda na infância e os únicos descendentes do profeta conseguem hoje traçar a sua árvore genealógica através de sua filha mais nova, Fatimah, que foi a única que conseguiu produzir filhos homens que chegaram até a vida adulta.

Fatimah foi casada e teve com seu marido Ali dois filhos: Al-Hassan e Al-Hussein. Os descendentes do primeiro filho Hassan são conhecidos até hoje como „Sharifs“ que significa nobre, enquanto os descendentes do segundo filho Hussein são chamados „Sayyids“ que significa senhor.

Graças a tradição escrita dos árabes, há uma gama enorme de documentos sobre esses indivíduos; Em 830 d.c. foi criado comitê, os Ashahifs, com o objetivo de guardar a árvore genealógica da família do profeta Maomé.

Dentre os seus descendentes estão uma extinta linhagem de califas nos atuais Marrocos e Iraque; Jornalistas, políticos e atletas iranianos. Há também filósofos e pensadores, além é claro, de vários clérigos mulçumanos. Curiosamente Saddam Hussein já esteve na lista guardada pelos Ashahifs, mas foi retirado quando saiu do poder por ter „forçado“ a entrada na lista quando era ditador do Iraque.

Rei Abdullah II da Jordânia:

800px-King_Abdullah_portrait

Foto: World Economic Forum – Rei Abdullah II – CC BY-SA 2.0

O rei da Jordânia, Abdullah II pertence ao clã Hachemitas que é uma das dinastias mais importantes do oriente médio e são descendentes direto do Profeta pela linhagem do segundo filho Al-Hussein. A família Hachemita está entrelaçada na vida da região do vale do rio Jordão, tendo estabelecido o Estado moderno do Reino da Jordânia em 1921. A fortuna pessoal de Abdulla II gira em torno dos U$ 750 milhões de dólares.

Príncipe Aga Khan IV:

His_Highness_the_Aga_Khan_(15760993697)

Foto: UK Department for International Development – Sua Alteza Real, Príncipe Aga Khan IV – CC BY 2.0

O magnata Aga Khan IV, nasceu em Genebra na Suíça e detém o título de Príncipe e é Iman (líder espiritual) da corrente xíita islâmica Ismaelita Nizari. Apesar de não representar nenhum país, Aga Khan IV é um dos monarcas mais ricos do mundo e sua fortuna está avaliada em cerca de U$ 800 milhões de dólares. O título „Sua Alteza Real“ foi concedido pela Rainha Elizabeth II em 1957 após a morte de seu avô, de quem assumiu o posto como líder dos cerca de 20 milhões de Ismaelitas Nizari espalhados pelo mundo. É a única pessoa fora da família real britânica a receber este tratamento de príncipe pela rainha. É um dos maiores criadores de cavalos de raça do mundo e possui uma ilha no arquipélogo das Bahamas, dois aviões e um iate avaliado em cerca de U$ 100 milhões de dólares.

O Ex-presidente do Irã Mohammad Kathami e Ministro da Justiça da Malásia Syed Hamid Albar estão entre outros descendentes do profeta Maomé.

Tá Curioso quer saber mais?

Tem Dúvidas ou Dicas? Fale Conosco!

Ad Junior
Fortuna de George LucasSalário de Pedro Bial
Deixe uma respostaComentários (1)
  1. Monica 1 year ago

    Vou guardar todos seus textos pra Clara ler! Pode?

    RespostaCancelar

Deixe uma resposta para Monica Cancelar resposta