Nesta segunda-feira (5) o índice Dow Jones experienciou a maior queda de um dia da história, com 1, 175 ou 4,6%. Como resultado, a queda limpou os ganhos de Dow do ano e também causou a perda de bilhões de dólares para alguns dos homens mais ricos do mundo.

O Dow Jones Industrial Average é um índice criado em 1896 pelo editor do The Wall Street Journal e fundador do Dow Jones & Company Charles Dow. É o segundo mais antigo índice dos Estados Unidos, também conhecido como DJIA, INDP, Dow 30 ou Dow Jones. O índice Dow Jones Industrial Average (DJIA) é ao lado do Nasdaq Composite e do Standard & Poor’s 500 um dos principais indicadores dos movimentos do mercado americano.

O cálculo deste índice é bastante simples e é baseado na cotação das ações de 30 das maiores e mais importantes empresas dos Estados Unidos. Como o índice não é calculado pela Bolsa de Valores de Nova Iorque (New York Stock Exchange), seus componentes são escolhidos pelos editores do jornal financeiro norte-americano The Wall Street Journal. Não existe nenhum critério pré-determinado, a não ser que os componentes sejam companhias norte-americanas líderes em seus segmentos de mercado.

Após a queda, Jeff Bezos, atualmente a pessoa mais rica do mundo, perdeu 3.2 bilhões de dólares. Essa quantia essencial que lhe foi negada, ele ganhou em um dia na semana passada após anunciar os resultados trimestrais da Amazon. Apesar da perda, ele continua valendo 115.7 bilhões de dólares, se posicionando a frente do Bill Gates (90 bilhões de dólares).

Lary Page e Sergey Brin, os co-fundadores do Google, perderam cada um 2.2 bilhões de dólares após a queda, a perda foi resultado do compartilhamento da companhia deles, a Alphabet, que caiu 5%. Larry Elisson, fundador da Oracle, também perdeu 2,2 bilhões.

O fundador e CEO do facebook, Mark Zuckeberg, perdeu 3.6 bilhões de dólares, equivalente a 4,7% da sua fortuna, até o final do dia Zuckeberg estava valendo 73.1 bilhões de dólares.

Warren Buffet foi quem mais perdeu com a queda da Dow Jones, chegando a perder 5.3 bilhões em apenas um dia, equivalente a 6% da sua fortuna, apesar disso ele continua sendo a terceira pessoa mais rica do mundo.

O fato de que esses bilionários estão perdendo grandes ganhos como resultado de uma grande queda no mercado não é uma surpresa. Em muitos casos, os ricos são ricos devido ao seu envolvimento na formação de empresas de capital aberto e possuem uma grande parte das ações nessas empresas. Então, quando os valores de ações dessas empresas caem, naturalmente, o patrimônio líquido daqueles que têm dinheiro amarrado nessas empresas também caem.

 

Ivina Moura
Portugal passa a emitir cédula de zero euroOs negros bilionários mais ricos do mundo atualmente
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta